palavras com algum atraso

Há coisa de uma semana, Owen Pallett (aka Final Fantasy) passou por Lisboa. Canções construídas em camadas, com loops de violino e – novidade – piano. Voz irrepreensível. Não houve o sentido de humor e a proximidade com o público do concerto do ano passado na ZDB, mas foi, ainda assim, um grande concerto.

A ilustrar cada música, projecções no limite do lo-fi: animações feitas com acetatos e silhuetas, utilizando um retroprojector.

Pontos positivos para a Nervo: pela divulgação, pela sala (quase?) esgotada e pelos bilhetes bonitos.

This entry was posted in música. Bookmark the permalink.
  • http://buziodecos.blogspot.com Joana

    Baby, não desapareci… Só mudei de casa e você não segue links (nem vai ao technorati).

    Missiu

    J

  • Vitor

    também estive presente nessa noite memorável. Sem dúvida um dos concertos do ano.